{Real Wedding} O fabuloso destino de Tânia e Renato: do pedido de casamento na cidade de Romeu e Julieta à “dirty dancing” dos noivos!

Tânia & Renato

Tânia, como tudo aconteceu?

Já namorávamos há 7 anos e moramos juntos há 4 anos, em Lisboa. Eu dizia que gostava de casar, mas a relação foi fluindo e como já vivíamos juntos pensava que este talvez não fosse o próximo passo. Em Junho de 2015 fomos fazer uma roadtrip pela Itália e eu sem nunca suspeitar de nada (apesar de o Renato já ter o anel com ele desde o início de Maio, mas querer que fosse algo natural, sem ser forçado). No segundo dia em Itália fomos visitar a cidade de Verona. Ao fim do dia, quando nos sentamos para jantar, ambos comentámos o facto de nos sentirmos ali tão bem e de a cidade ser muito amorosa e acolhedora. No dia seguinte fomos visitar a casa de Romeu e Julieta, muito conhecida pelos seus cadeados deixados pelos amantes e post-it com declarações nas paredes. Foi ali que com um post-it com as palavras “Casas comigo?”…  Foi entre turistas, cadeados, papéis na parede, lágrimas, risos e muitos beijos e abraços que eu fiquei noiva :) Foi a viagem das nossas vidas e foi simplesmente um momento perfeito!

1297

Como foi o vosso casamento?

Animação e descontração acho que são as melhores palavras para descrever o nosso dia. Foi um dia cheio de sorrisos, amor e amizade.  Considero que no geral correu tudo muito bem e sabemos que isso aconteceu porque temos as melhores pessoas do nosso lado e estávamos entregues a excelentes profissionais.  A Quinta da Dança e toda a organização feita pela proprietária do espaço foi essencial para todos os timings. Os nossos fotógrafos foram incansáveis, a equipa de animação Sax&Voice na igreja foi um verdadeiro encanto e no resto do dia sempre bem dispostos, nunca deixando que faltasse animação.  Confiámos o nosso grande dia a profissionais que nos surpreenderam e que fizeram o seu melhor, e isso é de valorizar porque sem eles não tinha corrido tudo tão bem e não tínhamos tido um feedback tão positivo dos nossos convidados. Estaremos sempre gratos a todos por todo o carinho.

O dia passou a correr claro :) mas foi cheio de gargalhadas, saltos, abraços, boa disposição e uma parte final com muita dança. Sorrimos, chorámos brindámos e conseguimos estar com toda a gente. Foi sem dúvida o melhor dia das nossas vidas!

 

Como correu toda a preparação do grande dia?

Como vivemos em Lisboa mas somos ambos “Albicas” de coração decidimos que se possível todos os nossos fornecedores seriam da zona de Castelo Branco. E assim foi! Claro que não foi fácil organizar tudo à distância mas tínhamos bem definido do que gostávamos e queríamos. Decidimos ao máximo descomplicar e confiar nos fornecedores e tudo correu pelo melhor!

 

Qual era o tema, as cores e as teus métodos de inspiração?

O tema do nosso casamento foi baseado em gostos que temos em comum: fotografia e cinema. Não levámos o tema à risca para tudo, só em alguns pormenores. Por exemplo, o nosso convite era um rolo fotográfico analógico que, ao puxar a película fotográfica, vinha o convite. As mesas eram nomes de filmes e o placard das mesmas uma claquete gigante com bilhetes de cinema antigos. Tínhamos câmeras descartáveis nas mesas, os guardanapos enrolados com película fotográfica, baldes de pipocas com flores, etc. Foi tudo desenhado por um grande amigo nosso e excelente profissional da empresa PlayMe Studio e feito em conjunto connosco. Quanto às cores não tivemos uma cor base para o casamento nem para a decoração. Eu como noiva escolhi o rosa muito suave para alguns pormenores, ramo de flores, sapatos e damas de honor, mas não tínhamos uma cor para tudo.

 

Na decoração da quinta e das mesas, apesar do tema ser cinema optámos por uma decoração rústica e campestre com bicicletas, fardos de palha, fotos espalhadas pelo jardim, portas antigas, etc. Ao início tinha algum receio que não resultasse bem a mistura dos temas mas acabei por adorar o resultado final.

 

Os métodos de inspiração foram sem dúvida os casamentos ao estilo DIY e com estilo mais vintage e rústicos. O Pinterest foi claramente uma das referências, sempre cheio de óptimas ideias para tudo, inclusive para o bolo que foi ao estilo naked cake, o Pinterest foi o melhor aliado :) E claro blogs como o vosso que são um grande apoio e fonte de inspiração.

 

Quais foram as particularidades do vosso casamento?

Foram sem dúvida os detalhes e pormenores. Muitos deles DIY, inclusive os nossos convites de casamento.  O nosso carro foi um Citroen DS boca de sapo muito vintage, preto com bancos vermelhos :) era fantástico! Tivemos um lançamento de balões ao chegar ao restaurante ao som da música Kiss Me, dos Sixpence None The Richer, que se tornou num momento muito giro. A minha entrada na igreja foi com uma música da banda sonora do filme Le Fabuleux Destin d`Amélie Poulain e aconteceu uma particularidade que me surpreendeu. Ao entrar, todos os nossos convidados levantaram-se e começaram a bater palmas!!! Foi maravilhoso :) E por fim tentámos dar uns passos de dança ao recriar a dança do fime Dirty Dancing, hehe fomos péssimos dançarinos mas valeu por toda a animação, gargalhada e felicidade!

 

Qual o momento preferido do dia?

Para nós o nosso dia foi perfeito, ultrapassou todas as expectativas. Tínhamos prometido que depois de um ano inteiro a preparar todos os pormenores, nesse dia íamos saltar, dançar e divertirmo-nos ao máximo, sermos nós próprios e aproveitar cada segundo… Foi o que fizémos! O casamento foi uma verdadeira festa e era esse o nosso objectivo. Comemorar os nossos 7 anos de amizade e amor junto da nossa família e dos nossos amigos. Por isso o nosso momento favorito foi sem duvida quando entrámos na sala de refeição e quando nos sentámos e olhámos à nossa volta e tínhamos ali todas as pessoas que gostamos e que estão no nosso coração. Toda a felicidade transmitida, os brindes, a animação e ver toda a gente radiante foi sem dúvida o que nos deixou de coração cheio.

Também não posso deixar de destacar o momento em que o meu pai me levou ao altar. É um momento muito comovente para nós noivas. Sabia que iria ser um momento de grande emoção mas acabou por ser arrebatador. Toda aquela envolvência e ver finalmente o Renato no altar foi indescritível.

 

O que mudavas no Dia?

Mudava um pequeno precalço que tive :) O facto de ter sido uma verdadeira Cinderela, o que levou a que chegasse um pouco atrasada à igreja. Foi o único momento do dia que estive realmente stressada. Hoje recordo com uma grande gargalhada mas no dia acho que fiquei mais branca que o meu vestido. O padre ficou fulo, a missa foi mega rápida o que acabou por se tornar o momento cómico do dia.

E ainda fizeram um trash the dress…

Sim, fizemos num campo de milho e usámos uma bicicleta pasteleira recuperada por nós :)


Fornecedores

Espaço: Quinta da Dança | Fotografia: Francisco Sanches Fotografia | Vestido Noiva: Princesa de Sonho | Fato Noivo: Princesa de Sonho | Sapatos Noiva: Atelier Fátima Alves | Sapatos Noivo: Aldo | Decoração do salão: Quinta da Dança | Decoração do exterior/jardins: Bichinho de Conta | Animação/Música: Sax&Voice | Maquilhagem: Nês Makeup | Manicure: Flor de Lótus |Cabelo Noiva: Eric Stipa By Célia Marques Cabeleireiros | Cabelo Noivo: FR Cabeleireiros |Florista: Célia Marques – Antúrios e Orquídeas | Bolo: Quinta da Dança | Lembranças: Francisco Sanches Fotografia | Convites: Play Me – Design Studio |Animação infantil: Em Ponto Pequeno | Balões: Izifun | Topo de bolo e porta alianças: Arte & Manias

 

Gostou deste casamento? Temos mais aqui.


facebook | pinterest | instagram

horizontal_preto.png


 

Leave a Reply